Janaína Lima foi contrária a medida que estabelece privilégios para servidores do Tribunal de Contas do Município. No entanto, o aumento dos salários de forma retroativa e criação de auxílio-saúde e auxílio-refeição foram aprovados na Câmara Municipal de São Paulo. Em entrevista à CBN a vereadora Janaína Lima disse:  “Votar qualquer privilégio ou regalia para uma determinada classe do funcionalismo público não faz nenhum sentido. O poder público tem que dar exemplo. Votei contra, inclusive, contra os mesmos auxílios e gratificações para os funcionários da Câmara. E isso sem contar, ainda, que a média salarial dos funcionários público já é maior que das pessoas em geral.”

Confira a entrevista clicando aqui.