São Paulo perde R$ 13 milhões todos os anos para administrar 33 guinchos e sete pátios de veículos apreendidos. Como vocês podem ver nesta notícia (https://goo.gl/cFQyUs), a prefeitura investe R$ 27,7 milhões para manter o sistema e arrecada R$ 14,7 milhões.

Como acredito que a Estado deva priorizar Saúde e Educação Básica, áreas que promovem melhores condições de vida para as pessoas e da sociedade, eu apoio totalmente o Programa Municipal de Desestatização promovido pelo prefeito João Doria.

Durante audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) realizada nesta segunda-feira (14), falei o quanto o Estado se prova ineficiente quando se intromete em áreas que devem ser tocadas pela iniciativa privada.